Contos – Tchékhov

Numa primeira incursão pelos autores russos, duvido que a escolha pudesse ter sido mais acertada. Nesta meia dúzia de contos de Tchékhov fica à vista a uma escrita simples, mas capaz de grandes impressões no leitor. Sobre o autor, terá escrito Nabokov que escrevia livros tristes para pessoas alegres; quero dizer com isto que só um leitor com sentido de humor será capaz de sentir a fundo a tristeza deles. Há escritores que emitem um som intermédio entre o riso abafado e o bocejo — muitos deles, a propósito, são humoristas profissionais. (…) O humor de Tchékhov é alheio a isso tudo; é um humor puramente tchekhoviano. O mundo, para ele, é cómico e triste ao mesmo tempo, e sem repararmos na sua comicidade não compreenderemos a sua tristeza, porque são inseparáveis. Esse humor, nesta selecção de contos, está mais presente em O testa-branca, que termina com um velho guarda a tentar explicar a um cão que se entra pela porta. Em O beijo, não deixa de ser cómica a excitação de um capitão por um beijo que recebeu de uma mulher que não conseguiu ver e a construção mental que vai fazendo dessa mulher. Cómica e enternecedora ao mesmo tempo, com o capitão a tentar encontrar em cada mulher que via traços que pudessem ajustar-se à atmosfera vivida no breve momento do beijo.
Entre estes contos está ainda outra verdadeira pérola, A senhora do cãozinho. Nesta história de adultério, um homem próximo dos quarenta anos, casado e já com três filhos, envolve-se com uma mulher mais nova, também casada, que passava uns dias sozinha em Ialta. A um primeiro encontro seguiram-se sucessivas viagens entre as cidades em que cada um vivia. A gestão entre as duas vidas que viviam – a pública, do conhecimento de todos, e a secreta, que faziam por esconder – começa a complicar-se com a multiplicação dessas deslocações.
Em todos estes contos, há uma autenticidade incrível. Revisitar Tchékhov é já uma certeza.

Anúncios
Com as etiquetas ,

3 thoughts on “Contos – Tchékhov

  1. Mojo Pin diz:

    Eu sei escolher bem as tuas prendas de natal:) ainda bem que gostaste…espero que tenhas gostado mais daquele episódio em que te li um conto;)*

    Gostar

  2. Menphis diz:

    Tenho desejos de ir à Rússia pela literatura e conhecer Moscovo fisicamente. O primeiro desejo é mais fácil se realizar, e Tchekov será das primeiras opções.

    Gostar

  3. gabpattz diz:

    Eu gostaria de te convidar a entrar no meu blog!
    De a sua opinião sobre o meu novo conto que se chama she´ol http://gabpattz.wordpress.com/

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: