Da tristeza de muitos portugueses

Os resultados eleitorais da noite de ontem não  tiraram Portugal da situação em que se encontrava. As dificuldades vieram para durar e, se um novo governo se prepara, nada nos garante que este esteja à altura das circunstâncias – a mudança acarreta sempre essa incerteza. No entanto, quando se sabe que se está num mau caminho, não me parece mal experimentar um atalho que não se conhece. A meio deste, porque só os burros não mudam de opinião, há sempre a hipótese de voltar a fazer o mesmo.
Se pouca coisa mudou com as eleições de ontem, diferenças há que dificilmente conseguem passar despercebidas. Ontem, foi afirmado que os dias que se avizinham não serão fáceis. Ontem, foi-nos confessado que há muitos sacrifícios que ainda terão que ser feitos. Ontem, fomos avisados de que não vivemos num mar de rosas. Ontem, não se prometeu a criação de 150 mil empregos. Ontem, não se prometeu retirar 300 mil idosos da pobreza. Ontem, não nos quiseram vender a ideia de vivermos num país que não é o nosso. Para mim, que me habituei (ou me vi forçado a isso, para ser mais preciso) a ser politicamente pouco exigente, isso já faz toda a diferença.
Acredito que para muitos portugueses o resultado eleitoral tenha sido triste. O português, que conhecemos bem por razões óbvias, identifica-se naturalmente com o chico-espertismo necessário para conseguir uma licenciatura ao domingo, com a postura ditatorial necessária para fazer calar vozes contrárias, com a distinta lata (e perceber-se-á adiante que “lata”, aqui, é eufemismo) necessária para dizer que se vai fazer x, quando é certo e seguro que só se poderá fazer y. O português identifica-se naturalmente com sorrisos e palavras irónicas e identifica-se também com a capacidade de anunciar mundos, quando apenas se retocaram os fundos. Esse bocadinho do português (que é herança genética, não é defeito) perdeu ontem, com natural tristeza de quem o estima.

Anúncios
Com as etiquetas

3 thoughts on “Da tristeza de muitos portugueses

  1. É por estas e por outras que de vez em quando sabe bem brincar com isto tudo. E para isso foi criado o http://assembleiasexy.com/
    Por favor, ajuda-nos a tirar o Jerónimo de Sousa do top de deputados mais sexy!

    Cumprimentos!
    PS: Gosto bastante do design do blog 🙂

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: