Vida dura

Era ingrato (e injusto, muito injusto) dizer que é a minha. Teve, tem e terá os seus momentos duros, mas tem sido um mar de rosas comparada com a de muita gente que conheço, comparada com a dos meus pais e a dos meus avós, com a de gente que lutou por coisas de que hoje desfrutamos. A minha vida foi, em comparação com estas, nascer, crescer, aprender e aproveitar (lutar um pouco, vá). Os dramas resumem-se a uma ou outra grande perda (lembro-me tanto de ti nos momentos mais improváveis, abuelito). Tem sido uma vida boa. Os últimos cinco anos, fantásticos. Os últimos dez meses, incríveis. Qual vida boa? Tem sido uma vida muito boa.

A vida dura que aqui trago é a celebrizada por Will Oldham, mais conhecido por Bonnie ‘Prince’ Billy. Quem a canta é Joe Pug e os Strand of Oaks. Serve para dar valor à outra. A boa.

Anúncios
Com as etiquetas , , ,

One thought on “Vida dura

  1. Sem dúvida, por vezes queixamos-nos tanto mas olhando para a vida de muita outra gente, e por vezes tão perto de nós, podemos nos dando conta o quanto somos felizardos. Abraço

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: