Dostoiévski enquanto criador

Dou por mim a pensar se o mundo não seria um lugar melhor se tivesse sido criado por Dostoiévski. Tudo porque recordo Crime e castigo como uma experiência única, em que criações tão distintas como um assassino, um bêbado e uma prostituta conseguem que o leitor se apiede e preocupe com eles da mesma forma que com outras personagens, aparentemente impolutas. Fosse o mundo responsabilidade do escritor russo e talvez hoje nos conseguíssemos olhar de melhor forma.
A redenção de Deus é uma: sempre poderá reclamar a responsabilidade pela criação do próprio Dostoiévski.

Anúncios
Com as etiquetas ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: