Da paternidade #18

Há coisas, como o olhar especial de uma criança para as pequenas coisas do mundo, que não cabem nos melhores livros de poesia. Hoje, com pouco mais de dois anos e meio, o Filipe decidiu explicar à tia aspectos de uma natureza mais que perfeita. Segundo ele, as aranhas comem flores e as gaivotas comem nuvens.

Anúncios
Com as etiquetas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: