Do olhar materno

Só as mães possuem esse olhar no qual se entranha uma sabedoria triste e nobre, algo que nunca se poderá explicar ao certo, mas que necessita do régio acompanhamento das mães. Só as mães sabem olhar, possuem a sabedoria do olhar, não olham para acompanhar as vicissitudes de  uma figura no tempo, o deslocamento do alvo nos carris do movimento, olham para verem o nascimento e a morte, algo que é a unidade dum grande sofrimento com a epifania da criatura.

José Lezama Lima, Paradiso

Anúncios
Com as etiquetas ,

3 thoughts on “Do olhar materno

  1. C. diz:

    esse faz parte da lista 2013.
    desconhecia edição portuguesa, é de que editora (os motores de busca não me ajudam :P)?

    Gostar

    • Carriço diz:

      É uma edição com alguns anos, Edições Afrontamento e Vega. Só o desencantei na biblioteca. Mesmo dando-me relativamente bem com a língua de origem, ainda bem que preferi o português. Ia-me passar muita coisa (admito que a tradução me faça perder algumas,ainda assim).

      Gostar

  2. C. diz:

    já encontrei a ed. portuguesa 😀
    no ano passado, depois do Libro de Manuel, li as 1ªs pp. deste Paradiso para lhe sentir o pulso e verifiquei que era leitura para férias- a linguagem não era do mais acessível, e arriscava-me, depois da abada do livro do Cortázar, a ler em modo de “portuñol de férias café sólo”.
    Venha daí esse comentário para saber com o que devo contar 😀

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: