Assim era a solidão

Assim era a solidãoElena recebe a notícia da morte da sua mãe e inicia nesse preciso momento, sem se dar conta disso, uma viagem ao conhecimento próprio. É esse processo de aprendizagem, libertação e desenvolvimento que Millás tão bem descreve neste curto livro. Um livro que também é sobre a solidão de se estar acompanhado, sobre a “falência” da família enquanto estrutura e sobre a identidade.
A escrita de Millás é simples, linear e despida de adornos que compliquem a trama, mas é muito eficaz na narração. Assim era a solidão vale mais pelo conteúdo do que pela forma, mas isso não mancha em nada o valor de um livro que, não sendo uma obra literária de destaque, é bastante interessante.

Anúncios
Com as etiquetas ,

One thought on “Assim era a solidão

  1. deep diz:

    Gosto deste autor. Fico curiosa em relação a este livro.
    Boas leituras e festas felizes. 🙂

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: