Conta-me como foi…

Em banda desenhada, como merecem os heróis, numa história que também pareceu saída de um almanaque. Eis a vitória de Portugal no Euro 2016: união, esforço, crença e, é preciso dizê-lo, competência. Um colectivo em que as individualidades surgiram apenas quando foi necessário – até os mais improváveis! Tudo isto e sorte, que não é fácil lembrar de um campeão sem sorte.

Se podíamos ter jogado um futebol mais bonito? Podíamos, mas não conseguimos. E para esse peditório já demos muitas vezes. Faltava ganhar!

Anúncios
Com as etiquetas , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: