Breves notas sobre as ligações 

Depois da leitura de Breves notas sobre ciência, foi sem hesitar que peguei neste Breves notas sobre as ligações. Só que o que no primeiro caso era simples e, ao mesmo tempo, estimulante, no segundo é complexo e cansativo. O livro usa como alavanca do pensamento as obras de María Zambrano, Maria Filomena Molder e Maria Gabriela Llansol, mas não conseguiu, sequer, despertar a minha curiosidade pelas mesmas. As Breves notas sobre ciência são como um passeio ligeiro, sem grande dificuldade, com destino a um lugar agradável; as Breves notas sobre as ligações são como um penoso passeio por terrenos íngremes, com destino a um lugar que pouco tem para se ver ou sentir.
Gonçalo M. Tavares já me habituou a conseguir retirar lições profundas de coisas aparentemente simples, mas desta vez embrenhou-se na complexidade para trazer pouco mais de um punhado de ideias que me interessaram e me foram possíveis de reter. O muito de dispensável que encontrei nestas notas espero encontrar de interessante, um dia destes, quando me decidir aventurar nas Breves notas sobre o medo.

 

Anúncios
Com as etiquetas ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: