Tag Archives: Férias

A poesia pode fazer-se de palavras banais..

A poesia pode fazer-se de palavras banais como filho, beira de piscina e línguas de gato. Não será literatura, mas é felicidade pura.

Anúncios
Com as etiquetas ,

Vá para fora cá dentro

[Breve playlist para o arranque das férias.]
Com as etiquetas

Sexta-feira treze

Sexta-feira treze. Diz-se que é dia de azar, mas até hoje nunca tive prova disso. Podia agarrar-me à coincidência de ser o último dia de férias e de já ter regresso ao trabalho marcado para segunda-feira, mas isso tinha que acontecer fosse em que dia fosse.
Sexta treze, quarta sete, terça vinte.
Mantém-se o calor, agora aligeirado por uma brisa fresca. Últimos cartuchos. Dia para ser bem aproveitado, com direito a muito banho de sol e ao já habitual mergulho nocturno. Dia de preparar as malas. Não há azar, em casa esperam-nos dias que há muito queremos.

[Dan Auerbach – Goin’ Home]
Com as etiquetas , ,

Do interior alentejano ao litoral algarvio

A estratégia estava montada há algum tempo e ditava que a viagem teria início bem cedo, a fim de se evitarem as horas de maior calor. Não passou muito tempo até se entrar numa localidade com princípio e final à vista e com o curioso nome de Venda da Porca. A atenção só voltou a despertar quando surgiu o Bairro das Flores, que de florido tinha pouco ou nada. Estamos a falar de uma viagem feita em Agosto, mas isso não quer dizer que uma emissora de rádio não possa lançar um tema de Natal. Entretanto, uma paragem numa estação de serviço serve para relembrar a temperatura exterior, própria para secar roupa no corpo. No mesmo local fica-se a saber que até para ir à casa de banho é mais complicado ser-se mulher. Sem necessidade de prova, repete-se o já habitual roubo na hora de comer qualquer coisa. Dois sumos e dois bolos pagam-se com uma nota de dez, quase sem direito a troco. Foi já depois de Almodôvar que o filme se repetiu, com o espírito natalício a entrar em cena fora de tempo. (Corta)
Chegando ao Algarve a que alguém quis acrescentar uma letra, nota-se que o verde foi sucumbindo à força do turismo e da urbanização. O horizonte a perder de vista já só se volta a encontrar no quarto do hotel, virado para o mar.
Do interior alentejano ao litoral algarvio foram pouco menos de três horas. Pouco mais de dez linhas.
(Do interior alentejano ao litoral algarvio, menos uma semana para o que se espera ser uma barrigada de felicidade.)

Com as etiquetas

Tempo há muito esperado

Uns dias de descanso, tempo para o primeiro sol do ano (já deixou marcas, aliás) e para a leitura de um calhamaço (tem custado a arrancar, verdade se diga). Mais esperado, sem sombra de dúvida, só o tempo para esta barriga.

Com as etiquetas

São Tomé e Príncipe

São Tomé e Príncipe

Nos próximos dias, seguem-se muitas fotografias e algumas considerações sobre os dias bem passados em São Tomé.

Com as etiquetas ,

Twitt

Uma semana de férias é quantas vezes mais rápida que uma semana de trabalho?

Com as etiquetas ,

Das férias

Se a actividade desta página verificar algum abrandamento, terei que atirar a culpa para as férias. É verdade que, sem trabalho, o tempo livre devia aumentar; o problema – fossem todos os problemas este – é que a lista de afazeres cresce ainda mais. Uns dias de Aguda, para começar. Aquela que durante muitos anos foi a minha morada, será por uns dias nossa casa de férias. Com os amigos mais perto, espera-se muito convívio. Posto isto, deixo por aqui qualquer coisa que pode ser vista e ouvida  muitas vezes antes de começar a cansar.

Com as etiquetas , ,
Anúncios
%d bloggers like this: